SBT deve lançar seu serviço de streaming no começo do segundo semestre

A notícia de que o SBT lançaria sua própria plataforma de streaming em até noventa dias, divulgada pelo jornalista Flávio Ricco, pegou a todos de surpresa na última semana. Embora a ideia tenha sido comemorada pelo público, principalmente os mais saudosos interessados nos arquivos da emissora, a decisão demorou diante dos lançamentos de suas concorrentes. A Globo, por exemplo, lançou o Globoplay em 2015, e somente nos últimos meses investiu realmente em seu catálogo, enquanto a RecordTV, com o PlayPlus lançado no ano passado, só agora começa a produzir mais conteúdos originais.

Segundo a coluna do jornalista, a princípio os usuários da plataforma de streaming do SBT pagariam somente o valor simbólico de R$5,00, enquanto para os clientes da Jequiti e do Baú o acesso seria gratuito e em primeira mão. Apesar do preço ser bem inferior ao de suas concorrentes, várias outras questões giram em torno desse lançamento, como o fato dos episódios das novelas da emissora serem disponibilizados diariamente no Youtube. Mais do que isso, os vídeos dos episódios de novelas infantis como ‘As Aventuras de Poliana’, e até mesmo as reprises como ‘Cúmplices de Um Resgate’, figuram nos vídeos em alta do site quase todos os dias.

Divulgação / SBT

Para além dessa questão, e diferente do Globoplay e do PlayPlus, não é exatamente o conteúdo original da emissora de Silvio Santos que interessa ao público, mas sim seu acervo. Todo o conteúdo de novelas, programas de auditório, humorísticos e entrevistas do SBT são aguardados ansiosamente pelos fãs, algo nos moldes do PlayPlus, que colocou logo nos seus primeiros dias a íntegra de todas as novelas da RecordTV desde o remake de ‘A Escrava Isaura’, de 2004. Essa é, aliás, uma das principais reclamações a respeito do Globoplay que não dispõe a íntegra de novelas mais antigas da Globo.

Agregando ainda mais valor a sua plataforma, o PlayPlus também disponibilizou episódios de todos os realities da emissora, inclusive das primeiras edições de ‘A Fazenda’, o que de certo modo motiva aos interessados não somente em ver edições antigas de ‘Hebe’, ‘Jô Soares Onze e Meia’ e ‘Programa Livre’, como também a ‘Casa dos Artistas’, primeiro reality brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *