Novelas Rede Globo Verão 90

Grande Prêmio da TV de ‘Verão 90’ marca início de mais uma virada da trama

Parece bem menos tempo, mas na última sexta-feira (31) ‘Verão 90’ completou quatro meses no ar. Prevista para terminar entre as últimas semanas de julho, quando será substituída por ‘Bom Sucesso’, a trama de Izabel de Oliveira e Paula Amaral segue dando suas pequenas reviravoltas sempre que pode, alternando os plots dos seus diferentes personagens. Embora muita coisa tenha dado errado durante a execução de ‘Verão 90’, a novela caiu no gosto popular com sua linguagem simples, nostálgica e comprometida principalmente com o entreter.

João Cotta / Globo

A partir do episódio da última segunda-feira (03), por exemplo, uma nova virada da trama se desencadeou: a reconstrução de João Guerreiro (Rafael Vitti). Depois de ter sido preso nas primeiras semanas da novela, acusado injustamente de matar Nicole (Bárbara França), no que ficou conhecido como “Crime da Joatinga”, o protagonista ainda não havia conseguido virar o jogo e provar sua inocência e incriminar seu irmão Jerônimo (Jesuíta Barbosa). Até o momento, haja visto que Jerônimo, ou Rojê, tem a chance de despencar na mesma velocidade que um dia ascendeu. Depois de idealizar secretamente o “No Fusca com Manu”, programa da PopTV que levou Manuzita (Isabelle Drummond) de volta a fama, João decide ir a entrega do Grande Prêmio da Televisão, que tem o “No Fusca” entre os principais indicados. Fantasiado de Cachorrão, com o aval da amada Manuzita, o ex-patotinha desfila com passe livre pela festa, sem que o irmão e Quinzinho (Caio Paduan), que também ajudou a incrimina-lo, desconfiem de sua presença.

Tinha tudo para dar certo não fosse a desconfiança de Jerônimo de que Galdino (Gabriel Godoy), seu ex comparsa que o roubou, fosse a pessoa disfarçada por baixo da fantasia, mas o vilão acaba tomando um susto ao descobrir que se trata do irmão. Depois de João contar a verdade sobre ser a cabeça por trás do programa de maior sucesso da PopTV e revelar que foi quem enviou as provas que incriminam o irmão por corrupção para a família Ferreira Lima, Jerônimo fica enfurecido e parte para cima do irmão. A briga entre os Guerreiro atinge uma dimensão tão grande que os dois vão parar no meio do palco, para o desespero de Janaína (Dira Paes) que assiste a premiação de sua casa. Depois de uma acusação feita por Jerônimo no microfone para todos os presentes, João toma a palavra e tem a oportunidade se defender diante do público pela primeira vez, além de fazer uma declaração de amor em rede nacional para Manu. Para encerrar com chave de ouro, o “No Fusca com Manu” levou os prêmios de Melhor Programa e Melhor Apresentadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *